Foz do Iguašu / Marco das Tres Fronteiras

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR [+]

DESCRIÇÃO DO PASSEIO

O novo Marco das Três Fronteiras já pode ser considerado um dos mais belos e importantes pontos turísticos da cidade de Foz do Iguaçu. Revitalizado, com uma nova proposta, que integra tecnologia e história de uma forma única na cidade.

Inaugurado em 1903, o Marco das Três Fronteiras, é composto por três estruturas, uma em Foz do Iguaçu, uma em Ciudad del Este e a outra em Puerto Iguazú, que são caracterizadas pelas cores da bandeira de cada país. Depois de muito tempo esquecido no Brasil, foi completamente revitalizado no ano de 2015, e teve a segunda fase de revitalização concluída em dezembro de 2016, com a implantação de um novo projeto turístico.



O Marco das Três Fronteiras já era um dos principais pontos históricos da cidade de Foz do Iguaçu, onde encontram-se os rios Iguaçu e Paraná, porém mais do que isso, encontram-se três grandes nações da América do Sul: Argentina, Brasil e Paraguai. O Marco simboliza um pouco da realidade da região, onde as fronteiras são tão próximas e presentes, que por vezes parecem não existir.

O novo passeio, agora com a cobrança de ingresso, é uma experiência diferente para os turistas. As novas construções homenageiam as Missões Jesuíticas, e toda a ambientação visual e sonora do passeio direciona o foco do visitante para a história do desbravamento da região de Foz do Iguaçu, incluindo uma belíssima projeção de 12 minutos sobre Cabeza de Vaca, o primeiro homem branco a ver as Cataratas do Iguaçu em 1542 (que muitas vezes é esquecido pela própria cidade) e sobre a formação política e social da cidade.

No local também há um restaurante e um parque infantil que possibilitam mais algumas opções para os visitantes. A proposta do novo projeto é que o ponto turístico seja uma opção para o final das tardes e para as noites dos turistas, integrando cultura e história ao mais belo pôr do sol de Foz do Iguaçu.